Virados para a lua: torcedores do Flamengo que fariam “escala” em Lima tiram a sorte grande na final

Ajude-nos compartilhando com seus amigos

Agora imagina se você tivesse comprado passagem para Lima, com o intuito de fazer “escala” na capital peruana para depois seguir para Santiago? Sim, teve sortudo a esse ponto. Ou melhor, sortudos. Pode acreditar. Alguns rubro-negros escolheram o destino alternativo para driblar os altos preços de voos diretos para o Chile e se deram muito bem com a mudança da Conmebol. Rud teve que pedir “permissão” para a esposa e o filho para a viagem — Foto: Arquivo Pessoal É o caso de Rud Castro, morador do Rio de Janeiro. O gerente de TI de 37 anos precisou conseguir a “liberação” da esposa Roberta e do filho Arthur e vai para o seu primeiro jogo fora de casa nessa Libertadores. Ele viaja na manhã de quinta-feira para Lima, chegando à noite após escala em Buenos Aires, na Argentina. Na volta, o mesmo itinerário no domingo. Ele também comprou para um amigo que mora nos Estados Unidos, que aproveitou a sorte: – Na semana anterior à confirmação que seria em Santiago, as passagens já estavam com preços bizarros, de R$ 4 mil, R$ 5 mil. Pensei: “Vou esperar confirmar e buscar outra alternativa. Lima é perto, de lá posso pegar uma low cost (companhia aérea de baixo custo) para Santiago”. Quando confirmaram Santiago, comprei. Achei um preção: R$ 1.800, saindo de São Paulo. Mas quando fui comprar de Lima para Santiago, voltou o boato de que não seria mais no Chile. – Falei: “Fu… Vou segurar a segunda passagem para comprar depois. Já vou tomar prejuízo em uma, não posso tomar em duas”. Aí começaram os rumores de Lima e pensei: “Não acredito”. E quando se confirmou, minha mãe, amigos, todos mandando mensagem: “Você é muito cagão (sortudo)”. Conmebol acertou na mosca (risos). João Pedro vai para sua primeira viagem internacional com o Flamengo — Foto: Arquivo Pessoal O jornalista João Pedro Araújo, de 26 anos, e seu chefe Gabriel Harb, de 32, também do Rio, tiveram praticamente a mesma sorte. Só que eles chegaram a comprar a passagem separada de Lima para Santiago e tiveram que solicitar o cancelamento, embora ainda não obtiveram retorno. Ambos embarcam na quinta-feira de manhã em voo direto de São Paulo para Lima. A volta eles conseguiram pelo mesmo preço, só que com escalas em La Paz e Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. – A gente tinha visto para o Chile, mas estava caro para c… Aí estava acompanhando no Twitter dicas para fazer escala para Santiago e tinha via Arica, outra cidade peruana. Então começamos a pesquisar outros voos para o Peru e resolvemos comprar um para Lima por R$ 1.200 e de Lima para Santiago por R$ 250. Compramos só ida porque veríamos a volta por Santiago. – Recebi várias mensagens de amigos já me gastando, dizendo que pelo menos tomei só meio prejuízo, já que não tinha comprado a volta. Quando saiu a notícia da mudança de cidade, respondi para eles só com a passagem para Lima. Fiquei doido, sem acreditar. Se fosse para outra cidade, eu não conseguiria ir. Foi a cagada do século (risos) – contou João Pedro, que vai viajar para fora do país pela primeira vez. Renata e a família sortuda no Maracanã. Da foto, só o sobrinho não vai — Foto: Arquivo Pessoal Uma pessoa ter essa sorte, tudo bem. Duas? Tudo bem, acontece. Agora, cinco? Isso mesmo. Aconteceu também com uma família inteira de Santo Antônio de Pádua, no interior do Estado do Rio. Os pais Paulo Afonso e Maria Inês Dias, os filhos Marcelo e Renata Dias, e o genro Vitor Peres. Eles, que já mostraram ter sorte quando conseguiram dois ingressos nos sorteios dos primeiros lotes da Conmebol, vão sair na manhã de quarta, com escala em Foz do Iguaçu. Voltam só na terça por São Paulo. – Demoramos a comprar as passagens porque estava naquela de “vai trocar de cidade, não vai”… E os voos diretos foram ficando muito caros. Meu pai pesquisou e achou para Lima por R$ 2.200. Iríamos dormir lá um dia e depois seguir para Santiago. Compramos tudo no sábado, e no domingo de manhã começou o boato de que fosse mudar. Meu pai ficou possesso, tínhamos demorado tanto para comprar, e acontece isso logo quando compramos? No final do dia já tínhamos feito reservas na América do Sul toda – contou a médica Renata, de 36 anos, lembrando da reação após a mudança: – Quando anunciou que ia ser em Lima, vibrei como se fosse gol do Flamengo (risos). Meu irmão, que comprou a passagem no boleto e ainda não tinha pagado, teve seis minutos para pagar quando saiu a confirmação de noite (risos). A de Lima para Santiago ainda não cancelou, mas vamos perder pouco perto do que todo mundo está perdendo nessa viagem. Todos vão confiantes na vitória do Flamengo sobre o River Plate, da Argentina, sábado, às 17h (de Brasília), no Monumental de Lima. Rud apostou em 2 a 0, gols de Bruno Henrique e Rodrigo Caio. João Pedro chutou 2 a 1, com Everton Ribeiro e Gabigol estufando as redes. E Renata acredita em um 3 a 1, com um de Gabigol e dois de Bruno Henrique para construir o placar. Se algum deles cravar o palpite depois da sorte com as passagens, é bom já começar a pensar nos números da Mega-Sena.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/virados-para-a-lua-torcedores-do-flamengo-que-fariam-escala-em-lima-tiram-a-sorte-grande-na-final.ghtml

Ajude-nos compartilhando com seus amigos