Ventania é a causa mais provável de queda de passarela na Marginal Tietê, diz diretor de instituto de perícias

Ajude-nos compartilhando com seus amigos

Rosa descartou que um ônibus ou caminhão mais alto tenham batido na estrutura. “Visualmente, o que a gente percebeu é que a passarela não caiu no sentido dos carros, ela caiu antes. Então, a gente pode descartar que tenha sido um ônibus, um caminhão mais alto que tenha batido na estrutura e empurrado ela. A estrutura caiu antes dos veículos, podendo concluir que foi a ventania a causa mais provável”, disse Rosa. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os ventos chegaram a 81 km/h e chovia no momento do acidente. A Prefeitura de São Paulo e a Polícia Civil irão investigar as causas da queda. No incidente, duas pessoas ficaram levemente feridas e a pista sentido Castello da Marginal ficou bloqueada por 7 horas. O que restou da passarela foi colocado no canteiro de obras, em uma área fechada para o trabalho da perícia. A estrutura metálica da ponte caiu sobre dois ônibus e dois carros na Marginal Tietê, uma das vias expressas mais importantes de São Paulo, e que liga a capital paulista a várias rodovias do estado. Para o engenheiro, algumas circunstâncias do momento colaboraram para que o acidente não fosse mais grave. “Se não fossem os dois ônibus que seguraram numa altura maior, ela teria amassado os carros”, afirma ele. “Ela teria amassado os carros e não teve vítima porque justamente por ter uma fiscalização da segurança do trabalho, ela tava interditada, fechada, porque tava chovendo para os funcionários da obra”, salientou Rosa. Prefeitura vai investigar queda de passarela Motoristas que passavam pelo local no momento da queda ficaram preocupados. “Ventou muito forte, uma chuva que quase não dava pra enxergar, sorte que o trânsito tava parado.E aí eu só vi a estrutura caindo, baixei a cabeça, me protegi da barra e a barra entrou dentro do vidro”, disse o empresário Alexandre Cabral Vicente, que passava pelo local no momento do acidente. “A gente ficou muito preocupado com os passageiros e a vida de todo mundo, porque a gente não sabia no momento o que tava acontecendo”, disse o motorista Leonardo Silva de Sousa. Todas as pistas no sentido Castello Branco foram fechadas e o trânsito só foi totalmente liberado durante a madrugada. A passarela foi montada há cerca de dois meses como apoio à circulação de operários que trabalham na construção da nova ponte na Marginal.Na próxima semana, a Prefeitura vai abrir uma apuração preliminar e administrativa sobre o acidente. A Polícia Civil também já abriu um inquérito sobre o caso. Passarela desmoronou na Marginal Tietê — Foto: Arte/G1

Fonte: https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2019/11/15/ventania-e-a-causa-mais-provavel-de-queda-de-passarela-na-marginal-tiete-diz-diretor-de-instituto-de-pericias.ghtml

Ajude-nos compartilhando com seus amigos