Terça-feira, 3 de dezembro

Ajude-nos compartilhando com seus amigos

Anvisa libera venda de produtos à base da planta da maconha. O PIB cresce e indica leve aceleração. O Brasil de recuperação no ensino básico. As primeiras imagens da ação da polícia na favela de Paraisópolis. Trump encurralado nos EUA, e o climão com Macron. E ironia na COP 25: Brasil ganha ‘troféu’ por culpar a sociedade pelas queimadas na Amazônia. A Anvisa liberou a venda de produtos à base de cannabis nas farmácias brasileiras, com receita médica. Mas a agência rejeitou o cultivo da maconha para o uso medicinal, e os fabricantes precisarão importar o extrato da planta. Quem pode comprar e quem pode produzir? Veja o que muda em 6 pontos Pacientes em tratamento com a substância vão começar a encontrar os produtos nas drogarias daqui três meses. Lembrando que só está liberada a comercialização, a manipulação em farmácias não foi aprovada. Vídeo mostra chegada da PM em Paraisópolis Um vídeo exclusivo mostra a chegada de PMs a Paraisópolis na madrugada de domingo, quando 9 jovens morreram durante ação policial. As imagens também mostram policiais jogando bombas no meio da rua. (Veja o vídeo acima). Um mês antes, PM agrediu jovens em Paraisópolis com barra de ferro; vídeoTestemunhas afirmam que PM impediu socorro aos feridos Hoje, mais duas vítimas foram enterradas. Entre elas, Bruno dos Santos, de 22 anos, que comemorava o aniversário no baile funk que foi palco da tragédia. A família e amigos contestam a versão da polícia de que os mortos foram pisoteados. “Como que uma pessoa é pisoteada e não tem marca na roupa?”, questiona o amigo Caio Bernardino, que estava com Bruno na festa. A polícia informou que a Corregedoria está à disposição para receber denúncias e reclamações em relação à atuação dos agentes públicos. A morte dos 9 jovens na 2ª maior favela de SP é tema do podcast O Assunto, que relata as diferente versões sobre o que aconteceu no baile funk e fala das dificuldades de quem mora em Paraisópolis. Ouça abaixo: Entenda o que é o Pisa, a avaliação mundial de educação Os resultados do Pisa, o mais importante sistema de avaliação de ensino no mundo, mostram que o Brasil está estagnado há uma década entre os países com pior nível de educação básica. Os números divulgados hoje referem-se ao desempenho dos alunos no ano passado e são preocupantes. Em matemática, 68% dos estudantes brasileiros com 15 anos não sabem o básico, só 2% entendem textos longos e sabem diferenciar fatos de opiniões. PIB por setores — Foto: Arte/G1 Também saíram os números do PIB do 3º trimestre, que indicam uma leva aceleração da economia brasileira. Segundo o IBGE, o crescimento foi de 0,6%, em comparação com o 2º trimestre de 2019. O consumo das famílias e a retomada nos investimentos das empresas puxaram o resultado para cima. Agora, os analistas projetam um crescimento acima de 1% neste ano. Empreendedores veem alguma melhora, mas mantêm cautela O PSL suspendeu Eduardo Bolsonaro e outros 17 deputados da ala bolsonarista de atividades partidárias por 1 ano. Com isso, o filho do presidente deverá deixar o posto de líder da bancada do partido na Câmara. Parte dos deputados punidos deverão pedir transferência para o novo partido do presidente, o Aliança pelo Brasil, que ainda depende de registro na Justiça Eleitoral.

Renan Calheiros vira réu

O senador Renan Calheiros virou réu na Lava Jato pela 1ª vez, por corrupção e e lavagem de dinheiro. Ele foi acusado de receber R$ 1,8 milhão para manter Sérgio Machado na Transpetro. A defesa nega. O juiz federal Vallisney de Oliveira validou a delação de Luiz Henrique Molição, um dos hackers presos sob suspeita de invadir os celulares do ministro Sérgio Moro e de outras autoridades. Com homologação, investigadores ficam autorizados a checar informações dadas pelo delator. A Comissão de Inteligência da Câmara dos EUA apresentou o 1º relatório do processo de impeachment contra Trump, e acusa o presidente de usar o poder do cargo para pressionar a Ucrânia e tentar interferência nas eleições de 2020. O inquérito com a acusação de abuso de poder ainda será votado hoje pelo comitê. Emmanuel Macron e Donald Trump durante encontro de cúpula da Otan em Londres, em 3 de dezembro de 2019 — Foto: Ludovic Marin/Pool via Reuters Enquanto isso, em Londres, Trump teve que ouvir de novo de Macron que a Otan vive morte cerebral. Só que desta vez, o francês repetiu a frase na frente do americano. O presidente dos EUA classificou as palavras de Macron como muito desagradáveis, e disse que ninguém precisa mais da Otan do que a França. Ativistas participantes da COP 25, a cúpula do clima da ONU, em Madri, representaram Brasil, Austrália e Japão, os ‘vencedores’ do prêmio simbólico ‘Fóssil do Dia’ — Foto: Divulgação/CAN O Brasil foi um dos “vencedores” do prêmio “Fóssil do Dia”, uma premiação simbólica e não oficial que, de forma irônica, destaca países por ações prejudiciais ao meio ambiente. O anúncio foi feito no 2º dia da COP 25, em Madri. A antipremiação foi pelo governo “culpar a sociedade civil pelas queimadas na Amazônia”. Maria Alice e Maju Coutinho — Foto: Arquivo pessoal Foi vestida de amarelo que a apresentadora Maju Coutinho recebeu a pequena Maria Alice, de 2 anos, na redação da Globo em SP. A menina viajou com a mãe do sul do Piauí para conhecer a apresentadora do Jornal Hoje. A pequena encantou a internet com um vídeo em que se reconhece na TV ao ver a apresentadora: “Esse aqui é meu cabelo! Está parecendo meu vestido amarelo, yellow”. Onda no canto esquerdo da Praia de São Conrado, Zona Sul do Rio — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Fonte: https://g1.globo.com/resumo-do-dia/noticia/2019/12/03/terca-feira-3-de-dezembro.ghtml

Ajude-nos compartilhando com seus amigos