Mulher de Moro classifica decisão do STF como retrocesso e cobra Congresso

Ajude-nos compartilhando com seus amigos

Rosangela Wolff Moro, mulher do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, publicou em seu perfil no Instagram críticas à decisão do STF que proibiu prisões após condenação em 2ª Instância. Na postagem, a advogada diz que “como cidadã de 1 Estado democrático de Direito, respeita a decisão da Corte”, apesar de discordar da tese vencedora..mod-newsletter.full .title, .mod-newsletter.full h1 {font-size:18px;text-transform:none;}.mod-newsletter.full .title small, .mod-newsletter.full h1 small{font-size:16px;}.mod-newsletter .title, .mod-newsletter h1{font-family:”Prelo”,sans-serif;}.mod-newsletter.full input[type=text]{font-size:14px;padding: 10px 7px;}.mod-newsletter.full input[type=submit] {padding:9px 0;margin-top:-21px}.mod-newsletter.full {margin:15px 10px; padding:20px 15px 15px; border: 1px solid #d2d2d2; background:transparent; background-color#fff;}.enviar .container {width:100%;}.content.wp h1, .content.wp h2 .enviar{margin:0;}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1{font-size:15px;}}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1 small{font-size:14px;}}@media only screen and (max-width: 767px){.mod-newsletter.full h1 {padding-bottom:11px;}}No texto, Rosangela afirma que como “operadora de Direito”, classifica a decisão como 1 retrocesso. Ainda, comenta que “como parte de quem viveu os impactos da Lava Jato por 5 anos, no dia a dia da família achincalhada e sob escolta“, se sente descrente.“Quem se elegeu com mera narrativa sobre apoio à Lava Jato vai ter que mostrar a face, porque o STF jogou a discussão no colo do Congresso“, comentou.
Continuar lendo

Fonte: https://www.poder360.com.br/justica/mulher-de-moro-classifica-decisao-do-stf-como-retrocesso-e-cobra-congresso/

Ajude-nos compartilhando com seus amigos