Marielle será nome de rua no Estácio, onde foi assassinada

Ajude-nos compartilhando com seus amigos

A vereadora Marielle Franco faria 40 anos neste sábado (27), quando também se completam 500 dias da execução dela e do motorista Anderson Gomes, em 14 de março. Vários eventos estão sendo realizados para homenagear a vereadora que, segundo informações do RJ1, será nome de uma rua no Estácio, bairro onde foi assassinada.

A publicação deve ser feita nos próximos dias no Diário Oficial do Município.

Um dos atos organizado neste sábado será a divulgação e o lançamento oficial do Instituto Marielle Franco e do site do projeto, criado por Anielle Franco, irmã da vereadora. A cerimônia será no Galpão Bela Maré, na comunidade onde ela foi criada.

Outro evento é realizado nos Arcos da Lapa até a noite. Doze grupos vão participar.

Na quinta-feira, a Câmara de Lisboa aprovou, por unanimidade, a proposta de um vereador de criar a Rua Marielle Franco, em homenagem à vereadora.

Marielle Franco, em foto de novembro de 2017 — Foto: Mario Vasconcellos/Câmara Municipal do Rio de Janeiro/AFP/Arquivo

Marielle e Anderson foram mortos na noite de 14 de março de 2018. O sargento reformado da PM Ronnie lessa e o ex-policial Élcio Vieira de Queiroz estão presos no presídio federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, acusados do crime.

A Polícia Civil ainda investiga qual foi a motivação e também quem foi o mandante e se as armas usadas no crime foram jogadas no mar da Barra da Tijuca.

Acusado de matar Marielle e Anderson confessa ser dono de 117 fuzis — Foto: Reprodução/JN

Fonte: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2019/07/27/marielle-e-homenageada-500-dias-apos-sua-execucao-e-no-dia-em-que-completaria-40-anos.ghtml

Ajude-nos compartilhando com seus amigos