Flamengo intensifica força-tarefa por reforços contra Emelec; Everton Ribeiro tem mais chance

Ajude-nos compartilhando com seus amigos

A esperança é pequena, mas é a última que morre. Então, o Flamengo escalou uma força-tarefa no departamento médico para minimizar os estragos feitos pelas lesões visando a partida de volta contra o Emelec, quarta-feira, no Maracanã. O foco está em Éverton Ribeiro e De Arrascaeta.

O camisa 7 é que tem mais chances de ir para o sacrifício diante dos equatorianos e dependerá da redução das dores, enquanto o uruguaio faz período de manhã, de tarde e de noite para curar lesão muscular na coxa.

+ Diego tem fratura e opera nesta quinta+ Fla dribla torcida em desembarque

Lesão grave, desembarques e protestos: o Flamengo depois da derrota para o Emelec

A avaliação será constante, diária, para que Jorge Jesus receba uma boa surpresa. No momento, o português tem em mente de que não contará com os meias.

O GloboEsporte.com atualiza o plantão médico com as situações dos lesionados. Inclusive, Diego e Vitinho, que tiveram que passar por cirurgias e não voltam tão cedo aos gramados.

Éverton Ribeiro (lesão óssea no pé esquerdo)

É quem tem mais chances de jogar contra o Emelec. Meia faz tratamento intensivo no local da lesão e será reavaliado diariamente para saber se terá condição de jogo. É uma questão que passa muito pela redução das dores. Como não há risco de agravamento da lesão em caso de entrar em campo, se iniciar a semana conseguindo pisar normalmente, vai para o sacrifício. Tanto que chegou a atuar algumas partidas já após sofrer a fissura no peito do pé.

De Arrascaeta (lesão muscular na coxa direita)

Por se tratar de um problema muscular com risco de piorar a lesão, o Flamengo trata com maior precaução, mas não descartar a presença. O uruguaio faz tratamento em três períodos para reduzir os danos do problema. É reincidente, e no Cruzeiro já estourou o músculo em situação similar: não estava 100% recuperado e foi para o sacrifício. Clube usa várias técnicas de fisioterapia para acelerar o processo.

Arrascaeta faz cruzamento e sente a coxa e pede substituição, aos 11′ do 1º Tempo

Diego (fratura com lesão ligamentar no tornozelo esquerdo)

Camisa 10 passou por cirurgia nesta quinta-feira. A lesão é considerada complexa pelos médicos rubro-negros, mas existe uma chance de que o meia retorne aos campos ainda em 2019. Em condições positivas de recuperação, prazo é de quatro meses, permitindo assim que ele volte a jogar no fim de novembro.

Veja a imagem chocante do momento da lesão de Diego contra o Emelec

Vitinho (estiramento no ligamento colateral medial e uma lesão no menisco radial)

Sofreu lesão diante do Corinthians e tem a temporada em risco. Passou por artroscopia na segunda-feira, procedimento que tem prazo reduzido em condições normais. Como foram duas lesões, porém, situação foi agravada. Clube não trabalha com prazos.

Vitinho disputa bola no alto e se machuca ao cair no gramado

— Foto: Divulgação

Fonte: https://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/flamengo-intensifica-forca-tarefa-por-reforcos-contra-emelec-everton-ribeiro-tem-mais-chance.ghtml

Ajude-nos compartilhando com seus amigos