Coração dilacerado, diz pai de estudante da UFMG encontrado morto na Lagoa da Pampulha

Ajude-nos compartilhando com seus amigos

O pai do jovem encontrado morto na manhã desta sexta-feira (15), na Lagoa da Pampulha, disse que ainda não sabe os motivos do desaparecimento e da morte do estudante. Christiano de Souza Oliveira, de 20 anos, não dava notícias havia dois dias. “Meu coração está dilacerado”, disse o pai, Cristiano César de Oliveira, de 42 anos. O jovem morava com um primo no bairro São Bernardo, na Região Norte de Belo Horizonte, e era estudante de ciência da computação na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Começou o curso neste ano e, segundo o pai, estava muito feliz. “Ele era um excelente menino. Nunca deu trabalho”, afirmou. Cristiano César mora e trabalha como motorista em Coronel Fabriciano, no Vale do Aço. Ele está em Belo Horizonte desde quinta-feira (14), com a mãe e as duas irmãs do rapaz, após não receber mais notícias do filho. “Eu mesmo desconfiei que tinha alguma coisa de errado, porque as mensagens que ele me mandava não chegaram na hora combinada. Liguei pra ele a noite inteira e ninguém atendeu. Aí, peguei todo mundo e vim pra BH”, contou o pai. Até a publicação desta reportagem, o corpo de Christiano ainda não tinha sido liberado do Instituto Médico Legal (IML). Ele será enterrado em Coronel Fabriciano. Corpo é encontrado na Lagoa da Pampulha — Foto: Danilo Girundi/TV Globo

Fonte: https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/2019/11/15/coracao-dilacerado-diz-pai-de-estudante-da-ufmg-encontrado-morto-na-lagoa-da-pampulha.ghtml

Ajude-nos compartilhando com seus amigos